Arquivo da tag: jornal ellus

24/03/2015_14:22

por ALEXIA CHLAMTAC

As jogging pants — calças de moletom com elástico na cintura e na barra — surgiram na década de 1980 e são uma marca da geração sporty. O motivo disso, é claro, era o conforto proporcionado pela peça, que foi inspirada nas modelagens da época. Em 2010, as calças de academia começaram a ser resgatadas em desfiles internacionais, mas a fama instantânea veio quando personalidades como Katie Holmes e Gwen Stefani passaram a usá-las com sandálias e botas luxuosas. Nesta ocasião, foram rebatizadas como sweatpants.

Agora imagine a sensação confortável de usar um moletom, mas com aparência e durabilidade do jeans? Não precisa imaginar: a jogging denim é a principal novidade do inverno 2015 da ELLUS.

Indo de encontro com a febre esportiva que toma conta da moda mundial — que pedem por uma vida mais prática e moldada à velocidade do século 21 —, o interior da nossa jogging denim tem uma construção que imita malha, com flexibilidade e toque macio. No entanto, do lado de fora, as características essenciais do famoso jeans premium da ELLUS estão lá: five pockets, detalhes maquinetados, botões em rebite…

O segredo desta inovação têxtil está na combinação destas duas camadas de tecido, que possibilita o conforto e o caimento de um moletom dentro de um autêntico denim. Pois todas as peças da linha ELLUS Jogging Denim oferecem as possibilidades de lavagens e os efeitos de lavanderia que já são uma marca da grife.

20/03/2015_10:00

por VICTOR COLLOR DE MELLO

Fui honrado com um convite e tanto: montar uma lista com meus lugares preferidos em São Paulo para a quarta edição do Jornal ELLUS.

Abaixo, divido com vocês meus endereços.

SIDE: Só a entrada já vale a vista: um ovo mole, um purê por cima e pão. A ideia é comer com o pão, mas eu gosto de comer com colher mesmo. Como prato principal, vale o cordeiro ou a costela. Tudo devidamente acompanhado do melhor negroni da cidade.

CORLEONE: Bruno Van Enck, dono do lugar, está ali todos os dias recebendo cada um que passa por lá. São serviços feitos com muito primor e atenção. Se gosta da boa e velha navalha e todo o lifestyle por trás disso, é um erro deixar de conhecer.

MANÍ: Comida impecável servida de forma que dá fome ao ver o prato chegar à mesa, em que os mínimos detalhes fazem toda a diferença.

Z. DÉLI: Sanduíche de steak tartar fresquinho e feito na hora, com picles, cogumelos, azeite trufado e rúcula. Delicioso e nutritivo!

16/03/2015_10:00

Como você já deve ter lido na Sala, o desfile da ELLUS foi sucesso de crítica. O show virou notícia em todas as revistas de moda do país e a inspiração nas gangues e na cultura de rua conquistou os editores.

Susana Barbosa, diretora da Elle, comentou as inspirações do desfile na quarta edição do Jornal ELLUS (que você já deve ter lido aqui). Agora, é a vez de você ler a opinião de Sylvain Justum, que depois de 2 anos e meio como editor de moda da Harper’s Bazaar, voltou a assumir a editoria de moda da GQ Brasil. O jornalista expõe sua opinião sobre o nosso jeans: a relação da ELLUS com a matéria-prima e o futuro do denim.

Esqueça a ideia de que sua calça jeans serve só para o dia a dia. As novas tendências para o tecido mais versátil do seu guarda-roupa são texturas, lavagens e acabamentos de luxo, que transportam o jeans para um contexto mais chique e elegante. “O homem associa esses jeans mais elaborados para momentos especiais”, explica Justum, editor de moda da GQ.

E esse, com certeza, é o futuro da sua calça jeans.

Para entender a relação que a moda masculina tem com o denim é preciso avaliar a relação cultural do brasileiro com seu guarda-roupa – que é mais casual por natureza e por exigências climáticas.

“Nossa cultura de moda é essencialmente casual, e o jeans acabou ganhando muita importância ao longo dos anos”, conta ele. que considera: “Entretanto, nos últimos anos, a peça ganhou status de luxo”.

Continue lendo a matéria na página 15 do Jornal ELLUS.

11/03/2015_10:00

A coleção de inverno 2015 da ELLUS, desfilado em novembro na São Paulo Fashion Week, foi destaque nas melhores revistas de moda do País e na quarta edição do Jornal ELLUS. Para completar, pedimos a Susana Barbosa, da revista Elle, dividir conosco suas impressões sobre as inspirações da apresentação.

Susana assumiu o cargo de diretora geral da Elle depois de 10 anos trabalhando na publicação; anteriormente, ela era diretora de moda da revista e, com a mudança, acabou acumulando as duas funções.

Uma das principais características da moda, neste começo de século 21, é que ela não se resume mais às passarelas. Hoje as ruas são tão (ou mais) importantes do que aquilo que se vê nas principais semanas de moda do mundo. É nesse contexto que tribos e gangues urbanas seguem emprestando seus códigos para a alta moda.

Para além do mimetismo literal, estamos falando de peças, silhuetas e dicas de styling para quem quer um pouco das ruas no guarda-roupa do dia a dia. “As pessoas, cada vez mais, se vestem com vários estilos e, muitas vezes, um look pode apresentar várias tribos ao mesmo tempo”, comenta Susana, que ainda completa: “Este é o movimento mais interessante da moda atualmente”.

Atual, mas não exatamente novo. Foi na década de 1990 que Ted Polhemus cunhou o conceito de “supermercado de estilos”. O termo explica que a grande tendência da época (e que continua até hoje) é a mistura de referências diversas — e, muitas vezes, contraditórias — em um só look. “Qual seria o New Look de 2019?” escreveu ele, em seu livro “Streestyle: From sidewalk to catwalk”. Susana responde: “A resposta, é claro, é que não vai existir um”.

Em 1994, Polhemus já explicava que o melhor jeito de se vestir é pegando de cada movimento uma referência, criando, assim, um estilo só seu.

Continue lendo a matéria na página 6 do Jornal ELLUS.

06/03/2015_09:00

por ALEXIA CHLAMTAC

Tomek Sadurski é o nome por trás das interferências artísticas que invadiram as páginas da quarta edição do jornal ELLUS. O artista, nascido na Polônia e radicado na França, é ilustrador especializado em moda, diretor de arte e já assinou animações. Formado pela Academy of Art in Munich, é obcecado por desenhos desde a infância. 

A alma de Sadurski é o desenho, mas ele expande constantemente seus meios de criação a outras mídias, como teatro e painéis interativos. Sua aventura mais recente, por exemplo, foram as projeções e o design do espetáculo “Miniatures”, da companhia de dança Sttugarter Ballet, na Alemanha.

Por aqui, seus trabalhos também são notáveis. Ele foi o responsável pela célebres ilustrações de Regina Guerreiro, na FFW Mag; pela “Tuiteratura”, uma instalação interativa com o Twitter feita em colaboração com o arquiteto Guto Requena para o SESC São Paulo; e por vários trabalhos para a revista Serafina, da Folha de S. Paulo.

Em conversa com a Sala ELLUS, o artista conta que se apaixonou pelo Brasil dez anos atrás e que, desde então, seu coração nunca deixou o país, que hoje é também a sua segunda casa.

Além de ter colaborado com publicações internacionais importantíssimas, tais como Elle, Vanity Fair e L’Officiel Paris, Tomek também já emprestou a sua arte para projetos das multinacionais Ford, Mitsubishi, Hyundai, Sony e Volkswagen Design Center.

Se você gostou das imagens que ilustram este post, complemente  a degustação do trabalho de Tomek Sadurski com o “Fashion Illustration Now”, livro da Taschen pontuado pela sua marcante fine art.