Arquivo da tag: festa

24/03/2016_18:35

O ano parece estar voando: já estamos na Semana Santa e, para a nossa alegria, o fim de semana começa na sexta. É o momento perfeito para se dar ao luxo de descansar o corpo cansado e, é claro, aproveitar para curtir com os amigos à noite. A grande questão é: o que fazer? Com tantos eventos convidativos no Facebook, como saber qual é a boa?

Sala ELLUS traçou um roteiro para quem está em São Paulo (sede da ELLUS), Rio de Janeiro, Salvador ou Brasília (cidades que acomodam lojas ELLUS) e não quer ficar de bobeira esses dias. Afinal, dessa vez, você não vai ter 48, e sim 72 horas para relaxar!  

Quem é daqui de São Paulo não pode perder o destaque do feriado na quinta: a festa Sonido Trópico terá cinco pistas reunindo o melhor das explorações sonoras. O projeto visa trazer o máximo de pluralidade musical para o dancefloor, se caracterizando como uma “muvuca sonora cósmica”.

Os responsáveis pelos sons que vão te sacodir a noite inteira são Spaniol, Dj Nirso, ElPeche, Salvador Araguaya, Cerverita, Meraki, Atimos e Mono feat Castello Branco. Com início marcado para as 23h na Trackers (Rua Dom José de Barros, 337) o evento custará R$ 20 aos 100 primeiros e R$ 30 o resto da noite. Vai perder essa?! 

Para os cariocas, o que rola no domingo é imperdível: fechando o fim de semana prolongado com animação, a Clash Bass é uma festa de rua que busca resgatar as origens dos street sounds. Com apoio da Solow Bass, a edição de março vai ocupar o Porto Pirata (Rua Lopes Souza, 24) e explorar estilos musicais como trap, hip hop, rap, funk, dubstep, entre outros sons mais inovativos.

O line-up é formado por Jah Chris, Kawo, TWO KPZ, Sydney, DiniBoy, ₭ENNYᐱ, BROWN, Cacaut e Coletivo 56. A melhor parte é que o evento é 0800, então você não precisa se preocupar caso tenha gastado muito dinheiro na noite anterior. Só chegar!

Em Brasília, nossa aposta é a festa As Mina Pá, também no domingo, para fechar o feriado com chave de ouro. Comemorando a conquista de ser DJ enquanto mulher em uma cena dominada por homens, essas artistas vão tornar a sua noite inesquecível no Outro Calaf (SBS, Quadra, Bloco Q).

As minas DJ Donna, DJ Janna, New Chicks On The Block, ANTD: ANRMS, C4JU4N4, Unicornians e Samira Rodrigues prometem destruir a pista de dança com muito grave, passando por hip hop, ragga, trap, funk, favela bass e muito mais. A festa começa às 17h para você ter bastante tempo de curtir e, ainda assim, acordar cedo para o trabalho no dia seguinte sem muita dificuldade. A entrada custa R$ 20 e só pode ser paga em dinheiro.

Não se desesperem, galera de Salvador, não nos esquecemos de vocês! O fervo cearense, Vexpera, acontece quinta, véspera de feriado, na Amsterdam Salvador (Largo dos Aflitos, s/n, Mirante dos Aflitos) e contará com uma variedade de música pop por Jhon x Iurer, Hannah x Rhanny, Ramon x França e Jackson x Nobre.

A festa é open bar, mas os benefícios dependem do seu ingresso: na Pista Open, a cerveja é liberada até as 4h por R$ 25 comprando antecipado no SYMPLA, ou até 23h com nome na lista; R$ 30 até 00h com nome na lista ou R$ 40 sem nome na lista ou depois desse horário. Já no Camarote Interno, as opções são vodka, cerveja, água, refrigerantes e catuaba até as 5h por R$ 50 antecipado; R$ 60 até 23h com nome na lista; R$ 70 até 00h com nome na lista ou R$ 80 sem nome na lista ou depois desse horário.

04/03/2016_19:20

Há algo de diferente na Ellus da Oscar Freire: além da empena que exibe Carol Trentini com um visual esportivo e inovador, ontem, a flagship da marca de jeanswear recebeu um time de fashionistas e editores de moda para festejar seu novo momento.

O coquetel foi uma parceria da Ellus com a Adidas Originals para celebrar o lançamento da coleção de Inverno 16 da Ellus, a esperada #ELLUSSportdeluxe. A mesma contará com dois modelos inéditos do tênis Tubular Defiant, linha hit da Adidas.

O evento contou com a presença marcante de rostos como os de Thiago Boavida, Daniel Carvalho, Pedro Nart, Vitor Souza, Pamela dos Santos, Mateus Vedelho, Shantal Abreu, Luiz Monteiro, Sergio Amaral, Flavia Cavasotti, Ketherin Kaffka, Fabio Queiroz, Eduardo Fritsch, Eduardo Dugois, Eduardo Bravin, Thiago Fortes, Deborah Falci, Danilo Fonseca, Dani Goldim, Chico Durso, Camila Finn, Beatriz Biscaro, Augusto Mariotti e Juliana Jabour. Dizem as boas línguas que a festa after, no Chez Oscar, tornou a noite memorável.

17/02/2016_13:56

A festa Rebu nasceu na Casa Daros (Rua Gen. Severiano, 159, Rio de Janeiro), espaço multidisciplinar que costumava abranger exposições de arte latino-americanas e um restaurante e café. A estrutura do século 19, espaçosa e cultural, pareceu o lugar ideal para Esdras (D/ACCORD), produtor da Rebu, que conseguiu fazer três edições da festa no recinto antes de ser informado que o mesmo fecharia suas portas.

“Senti um nó na garganta”, revelou ele. Entretanto, os organizadores não deixaram o ocorrido acabar com a folia. Partindo de uma atmosfera intimista e abrindo portas para novas experiências, a Rebu encontrou um novo espaço e se transformou em Rebu.Zona. “O agito estava lá, então colocamos fermento na receita e faremos nossa primeira edição da Rebu.Zona”.

Com apoio da Red Bull Music Academy, a edição será uma parceria entre a Rebu e a festa Gota, que teve sua primeira edição na Casa Nuvem (Rua Morais e Vale, 18, Rio de Janeiro). Além de três pistas, o evento contará com nada mais, nada menos do que 13 atrações; dentre elas, o francês Gilb’R, o peruano Zufu, o argentino Nina Soul, os brasileiros Carrot Green e Gustavo Tata, e um live act sinestésico de Kinkid, em parceria com o VJ Diego Bragança. 

O DJ Gustavo Tata, que tocará pela primeira vez em uma festa da Rebu, confessou estar ansioso pois, segundo ele, “a expectativa é grande”. Ele elucida: “É cada vez mais difícil ter a chance de tocar algumas das coisas que vou tocar, e isso gera uma ansiedade sobre a construção do set no momento da apresentação e quanto à receptividade do público na hora”. Esta ansiedade gerou nele uma vontade muito grande de surpreender o público e, para concluir, o artista disse ter certeza que vai ser maravilhoso. A Sala Ellus concorda!

O evento tem início marcado às 21h da sexta-feira (19) e será no Studio do Cais (Via Binário do Porto, 476), em Santo Cristo, no Rio de Janeiro. Para aquecer, ouça um set do maior destaque da noite, Carrot Green, integrante do grupo Red Bull Music Academy:

29/01/2016_10:00

Às vezes, e principalmente no começo do ano, a semana parece passar rápido demais. Os dias que você passou ocupado com o trabalho voaram e você nem viu o fim de semana chegar. E agora? Tantos planos em rascunho e tão pouco tempo! Qual será que é a boa?

Você, pessoa que não se programou e agora está tendo sérias dificuldades em decidir entre milhares de opções de programas, veio parar no lugar certo: a Sala ELLUS resolveu traçar uma rota dos eventos que você não pode perder nestes dias, começando por São Paulo, onde fica a nossa sede, e passando pelo Rio, Salvador, Cuiabá e Florianópolis; todas, cidades que abrigam lojas ELLUS.

Quem é daqui e curte balada alternativa não pode perder a fantástica edição de 1 ano da Le Freak, no sábado. A festa, que busca reviver a cena dos Club Kids novaiorquinos, é um convite para extravasar no look e voltar para 1990 por uma noite, à partir das 23h. 

O line-up, formado por Humberto Luminati, Caroline Maia, Van Foxter & Alissa Salls, Jahdiel Ramires, Felipe Manso, Julia Bueno, Nagash e um convidado internacional secreto, passará por disco, dubstep, synthwave e outros sons eletrônicos incríveis. O evento será no Espaço Desmanche (Rua Augusta, 765).

Para os cariocas, a badalação de sábado é um projeto dos entusiastas Jean e Lucas, que tiveram a ideia do Nabutchaka ao unirem seu interesse pela música ao gosto pela dança. A festa nasceu quando os dois tomaram a iniciativa de colocar um som em um quiosque do Leme e, desde então, passaram por diversos locais conhecidos no Rio, como o La Cueva e o Anexo na Lapa.

Começando às 23h, a setlist é encabeçada pelos próprios organizadores que recebem os DJs da festa Minha Luz é de LED. Suisso também toca. Os ingressos do evento, que será no Eden (Rua Sacadura Cabral, 109 – Gamboa), estão a R$ 15 com nome na lista até meia-noite, R$ 20 após e R$ 30 sem nome na lista.  

O evento que rola em Salvador, no sábado, tem um toque cultural: entitulado Jam no MAM, o projeto visa levar jam sessions para o Museu de Arte Moderna da Bahia (Avenida Contorno, s/n – Comércio), criando arte através de ondas sonoras. O gathering conta com performances de músicos de jazz em estilo improvisado.

As apresentações, que são comandadas pela banda base da Jam, já contaram com diversos artistas internacionais independentes e acontecem no estacionamento do local, às 17h, para que o público não perca o por do sol baiano.

Em Cuiabá, acontece a festa de música eletrônica Do You Like Deep, no Musiva (Av. Beira-Rio, 4.435 – Porto), com intensas vibrações de deep house, para extinguir qualquer monotonia da sua sexta. A casa de festas abre às 23h e a animação continua até altas horas

Os residentes são Fran Bortolossi, Illusionize, Dashdot e Volkoder. Ingressos estão a R$ 40 (meia) ou R$ 80 (inteira), mas ainda há as opções de bistrô para seis pessoas por R$ 600 e de camarote para dez pessoas (com um bônus de uma garrafa de vodca Ciroc) por R$1,5 mil. 

Catarinenses, não se desesperem: vocês não foram esquecidos! O Especial Amy Weedhouse vai sacodir Florianópolis hoje com boas vibrações. O evento da cantora Renata Côrrea trará covers da Amy Winehouse em versões que mesclam ritmos reggae, ska e rocksteady.

O show contará com os convidados Ricardo Juliani, Eduardo “Palhoça” Farias, Gabriel Boos, Felipe “Bluezera”, Thiago Beck, Gabriel Fortunato, Florencia Cuccarase e Rafael Thiesen. Com início às 22h, o show custa R$ 20 e acontece no Deraiz, nas Dunas de Joaquina (Av. Prefeito Acácio Garibaldi San Thiago).

Difícil ficar parado neste final de semana, não é verdade?

04/12/2015_10:00

por ANDRÉ PEREZ

É sempre a mesma coisa: depois de uma espera que parecia infinita, o fim de semana chega e os planos de encontrar com a sua gang e se acabar na pista vêm juntos. Mas muito antes destes momentos catárticos, vem aquele cansativo questionamento: qual é a boa de hoje?

Os seus problemas acabaram: Sala ELLUS vai contar qual são as oito baladas imperdíveis deste final de semana — começando por São Paulo, é claro, e terminando em Belo Horizonte (depois de passar pelo Rio de Janeiro, Pernambuco e Porto Alegre). Animou? Vem com a gente.

Se você é daqui, não perca a festa Metanol. Você sabia que o coletivo de música eletrônica que a gente adora opera uma rádio na web? Pois é: hoje, dia 4, eles comemoram seis anos de atividade com uma festa e tanto na Trackers (Rua Dom José Barros, 377 – Consoloação).

Nas picapes, os DJs FULANO (trap), CICLANO (witchhouse) e BELTRANO (health goth). Mas você conhece a Trackers, né?  O lugar bomba, lota rápido e você deve comprar o seu ingresso antecipado aqui.

Vem do Rio a festa Treta que desembarca em São Paulo pela primeira vez. Noite eclética, que vai do funk ao indie, e do hip-hop ao pop dos anos 1980, tudo aquilo que a gente não admite que ouve mas, lá pelas tantas, adora.

Vai ser no Yatch (Rua 13 de Maio, 701, Belavista) e quem toca é  Thi Araujo, Gui Acrízio, Fernanda Fox, Mari Benting, Arthut Zampolli  e Gael Augusto.

Habemus sábado: hoje nos vemos na Augusta, já que  o Clube da Luta vai promover uma batalha de DJs. Vai ter guerra de pop versus indie, hip-hop contra trilhas sonoras e uma disputa imperdível de clássicos internacionais com sucessos brasileiros.

No Beco 203 (Rua Augusta, 609 – Consolação), a partir das 23h.

Se você é do Rio de Janeiro (ou vai para a Cidade Maravilhosa ferver no finde), saiba que rola por lá o Festival #RockTheMountain no sábado, dia 5. Mas se liga no toque: prepare o GPS porque o evento acontece na cidade serrana de Itaipava. Mas a gente pesquisou o line-up e atestamos: o esforço valerá a pena. Entre as atrações está a revelação do rap americano, Kid Ink, a banda australiana indietrônica Miami Horror e o charmosíssimo coletivo francês Nouvelle Vague.

Queremos ver ao vivo o Opala, projeto supercool da Maria Luiza Jobim e Lucas Paiva, e o Apollo, alter ego do multitalentoso Vinícius Toledo, que já falamos por aqui. Tendo o Parque Municipal de Itaipava como cenário, o evento começa as 11h e promete ir até às 2h da madrugada. A entrada você compra neste link. E se você animou, mas ficou com medo de subir a serra, a organização do festival disponibilizará ônibus charmosérrimos saindo da Zona Sul do Rio por módicos R$50.

Para os cariocas que ficarem na cidade, a boate Cave (Rua Francisco Otaviano, 20, Copacabana) sediará o evento de aniversário do Back II Black, que nasceu como festa, comandada pelo DJ Saddam, e se transformou em um influente festival que colocou no palco nomes como Stromae, Angelique Kidjo e Ludmilla.

Neste sábado, o evento volta às origens e, além de Saddam, a festa também trará Nepal e Zédoroque como DJs convidados.

Os pernambucanos não podem perder, também no sábado, o King Festival, evento de música eletrônica que receberá os badalados DJs Martin Garrix e R3hab.

Acontece no Centro de Convenções de Recife, a partir das 18h, os ingressos você se antecipa e compra aqui.

Em Porto Alegre, o point é o Margot Bar e Club (Rua João Alfredo, 577). Animamos quando soubemos que a decoração é inspirada nos filmes de Wes Anderson e a trilha sonora é super rock ‘n’ roll.

Façam as malas: a noite de hoje será dedicada à banda The Killers (que, como você sabe, a gente ama) e a de sábado é a cara do pessoal da ELLUS Second Floor, já que homenageará Chet Faker.

Para terminar, que tal uma noite regada a boas risadas e muita performance nonsense? Mas você precisará pegar a ponte-aérea para Belo Horizonte, onde está instalada a Casa de Show Granfino’s (Av. Brasil, 326, Santa Efigênia). O lugar sedia o 1º Festival de Bandas de Biquíni.

As bandas Viada e Glico, dois exemplares mineiros que parecem ter herdado o humor do glam rock, se apresentam a partir das 22h.

Agora, não tem erro: a gente se vê na pista!