• 28/08/2014_11:44

    por ANA FLAVIA

    Hipster: \hip-sturn\n . Hipsters are a subculture of men and women typically in their 20′s and 30′s that value independent thinking, counter-culture, progressive politics, an appreciation of art and indie-rock, creativity, intelligence, and witty banter. 

    Na definição do Urban Dictionary, hipsters são aqueles que sempre foram jovens. Ligados à efervescente contracultura dos anos 1960 e 70, criaram um estilo próprio de comportamento e um estilo de vida que traduzia um pensamento independente, ideias progressistas e o apreço por indie rock e arte contemporânea, além de um certo fetiche por perspicácia (os hipsters representam a redenção dos nerds, saiba disso).

    hipster 1

    Mas hoje, o que significa ser hipster? Para alguns, é um elogio; para outros, soa pejorativo. O termo foi tão difundido na cultura pop atual que nem os próprios hispters querem mais ser chamados assim. Estarão eles em decadência? Segundo as agências que pesquisam tendências, eles estão sim. O The Guardian publicou uma matéria definitiva sobre o assunto, onde dizia que ”o hipster deixa de ser hipster a partir do momento que é chamado assim”. Segundo a repórter Morwenna Ferrier, a palavra passa a não ter o mesmo significado.

    Não é porque você curte barba, é afeito a camisaria xadrez, não tem medo de uma calça estampada, calça sapatos sem meias e sempre tem um livro sobre cinema neozelandês guardado na sua sacola de couro ecológico, que você necessariamente é um hipster. Você pode gostar de tudo isso, mas não se encaixar na definição adaptada do termo. Porém, para uma esmagadora maioria, se estes são alguns de seus hábitos você vai ser encaixado neste estereótipo. Não há rota de fuga!

    hipster 2

    Como muitos movimentos, o hipster se transformou em uma paródia de si mesmo. Os jovens dos anos 2000, também conhecidos como geração millenium, adaptaram culturalmente a ideia dos hipster originais. A música que antes era considerada indie, agora tornou-se extremamente comercial. E por mais que você não esteja imbuído do fundamento da subcultura, você pode roubar a aparência de um hipster de verdade. E virar um.

    Confuso? Vamos falar de moda então. O que a morte dos hipsters influencia no jeito que você se veste? Provavelmente, nada. As roupas estilosas que eles adoram, sua atitude cool, a rebeldia natural e uma incessante busca por conhecimento são inerentes aos tempos atuais. A nossa dica é sempre se aprofundar no que você gosta e no que você vê.

    Não basta usar camiseta de banda de rock sem conhecer as músicas. Não basta ter um livro em casa só pra ornar a decoração e atrair muitos likes no Instagram. Se jogue na referência: descubra mais sobre o input cultural e artístico que te emociona. Seja punk, rock ou hip, seja original.

    26/08/2014_19:15

    por MARIANA BUARQUE

    A coleção de verão 2014-2015 da ELLUS acaba de chegar às lojas de todo o país e na nossa Online Store. Nesta temporada, nosso olhar foi para um Brasil jovem e urbano, que foge dos clichês e obviedades. O resultado é um conjunto prático em que o natural e o sintético, o artesanal e o industrial, a tradição e a modernidade se fundem.

    Tecidos e materiais ganham ares tecnológicos: o jacquard se transforma em ráfia, a cetim ganha textura de crocodilo e a renda se plastifica. Na estamparia, a bandeira nacional e os estados brasileiros recebem releitura gráfica.

    A brasilidade também esteve presente no desfile da ELLUS no São Paulo Fashion Week, que teve cenografia assinada por Maurício Ianês e trilha sonora de Caetano Veloso interpretada pela bateria da escola de samba paulistana Vai-Vai.

    O ator Cauã Reymond é a estrela da campanha deste verão, ao lado das tops Lais Ribeiro e Lea T. Ele abriu o desfile no SPFW e, entre uma entrevista e outra no backstage, conversou um pouco com a gente sobre seu trabalho, estilo e hobbies.

    O top fotógrafo Marcelo Krasicilc assina a campanha, que tem dois ensaios — Cauã e Lais em uma casa incrível no Joá, no Rio de Janeiro, e Lea T no topo do Edifício Eiffel, construção de Oscar Niemeyer que é símbolo de São Paulo.

    O jeans, carro-chefe da ELLUS, é a base da coleção, dessa vez com proporções amplas e lavagens claras que remetem a um streetwear supercool.

    Segundo Adriana Bozon, nossa diretora de criação, a temporada reflete uma atitude atual do vestir, em que a praticidade é palavra de ordem, mas sem jamais perder a inspiração e sofisticação.

    Giovanni Frasson, o diretor de moda da Vogue Brasil, teve acesso às araras do desfile, onde pôde ver em primeira mão a coleção. Confira o que ele fala sobre as peças e o jeans.

    No styling, acessórios carregados de elementos do sportswear trazem a tal versatilidade que a coleção tanto fala. Mochilas,bonés, bolsas com corrente de bicicleta, tênis e uma nova versão do já icônico coturno ELLUS estão nesse guarda-roupa funcional.

    Deu mais curiosidade de ver essa coleção, não é mesmo? Antes de passar na ellus.com, assista o nosso lookbook videográfico.

    22/08/2014_19:03

    por ANA FLÁVIA

    Você já ouviu falar na Kiss & Fly? É um night club nova-iorquino, que atrai jet setters do mundo inteiro desde 2007, quando foi inaugurado em Manhattan. Quem já foi, diz que o sound system deles é imbatível. E saiba que neste fim de semana toda a trupe da Kiss & Fly vai aportar no centro histórico de Salvador.

    A DJ Aninha, residente do templo de e-music mais badalado de Santa Catarina (o Warung Beach Club), vai  dividir as picapes com uma turma fervida, entre eles AJ Perez, Eduardo Sampaio, Gustavo Kelsch e Lowers.dj aninha

    Para os soteropolitanos, a balada já começou. Nessa quinta, a ELLUS do Iguatemi Salvador montou um get together ao som dos DJs One Two Duck para apresentar sugestões de looks black & white (o dress code da festa) para quem vai aproveitar a noite de música eletrônica.

    Se você não vive em Salvador, atenção: ainda dá tempo de tempo! A festa rola amanhã, a partir das 23h, no Hotel Pestana Convento do Carmos. Nas quatro lojas ELLUS localizadas na Bahia, ainda tem ingressos.festa

    21/08/2014_19:03

    por ANA FLÁVIA

    Referência em pesquisa de moda, a Casa Juisi abriga um acervo de 35 mil peças. Você pode não estar lembrando, mas, na inauguração do instituto, em 2011, a ELLUS montou exposição de peças vintage confeccionadas com a nossa principal materia-prima. Se o coração de vocês, denim lovers, bateu mais forte relembrando esta ação, saiba que a Casa tem uma grande notícia para artistas e estudantes de moda.

    A Casa Juisi funciona em um casarão que data de 1890 no Centro Histórico de São Paulo, próximo ao Museu da Marquesa de Santos, a Casa Anchieta e a Casa da Imagem. Junto a ela, funciona a galeria de arte experimental Phosphorus, que está com programa de residência artística aberto. Despesas de transporte e moradia, além da bolsa de R$ 5 mil, serão pagas pela Casa Juisi. Para se inscrever, acesso o site deles clicando aqui.

    O objetivo da residência  é valorizar o capital imaterial que cada artista tem, oferecendo possibilidades de compartilhamento de produção de conhecimento. Em tese, isso vai ser feito por meio de reflexões e pela vivência de produzir arte dentro de um acervo de moda vintage durante dois meses.

    Some isto tudo ao ambiente contextual e social que pulsam no centro da capital paulistana — região que é, para os artistas, um solo fértil para criação e desenvolvimento de suas experimentações poéticas.

    Curtiu? Então, atualize o seu portfólio e se inscreva! Eles recebem trabalhos até o dia 30 de agosto.

    19/08/2014_17:22

    Cauã

    por ANA FLÁVIA

    Vem chegando o verão e nós te convidamos para dar um mergulho na terceira edição do ELLUS Jeans Deluxe Journal. Como já é uma tradição, o nosso impresso reúne campanha, imagens de desfile, editoriais de moda e perfis com personalidades.

    Desta vez, toda a edição homenageia o Brasil e o cidadão que vive por aqui, sem cacoete verde-e-amarelo.

    Lookbook

    Símbolos 100% nacionais, como as bandeiras dos estados brasileiros, ganharam um upgrade contemporâneo: trabalhados digitalmente tal como um patchwork, foram a estampa mais forte da nossa coleção de verão 2014-2015.

    O jeanswear se fundamenta como o uniforme oficial da nossa nação e é vestido por um galã nacional: Cauã Reymond, que já tinha desfilado para a ELLUS na São Paulo Fashion Week, reforça a parceria com a marca e aparece em várias fotos do jornal. Sempre bem avonts, ao lado da top Laís Ribeiro.

    Ilustração

    O Jornal ELLUS também tem Léa T, brasileira que a gente exportou para o mundo, e Heleninha Bourdon, a brasileira que adora viajar pelo mundo.

    Tem também perfil de Caetano Veloso escrito pelo expert em MPB, Marcus Preto, e reportagem feita por Luigi Torre com Paulo Borges, o todo-poderoso da Luminosidade.

    Lea T

    A Sala Ellus foi emulada em página dupla, com notinhas em formato de pílulas que contam mais sobre a bateria da Vai-Vai que serviu de trilha para o nosso desfile de verão. Levanta ainda o segredo das bandeiras de Mauricio Ianês, que assinou a cenografia da apresentação, e revela as cinco músicas de Caetano que o DJ Zé Pedro adora.

    No recheio do jornal, ainda tem a consultora de estilo Chris Pitanguy abrindo sua wish list com a gente.

    Verão

    Adriana Bozon, diretora criativa da ELLUS, assina a edição final da publicação. Ela diz que o jornal é uma forma de “explorar ainda mais os temas que influenciaram nosso verão”.

    — Exploramos os temas para além da moda. Esta, é claro, continua como foco principal da marca, mas agora divide espaço com música, arte e arquitetura. Afinal, moda não é só roupa. É cultura também — escreveu ela em sua carta de editora.

    Deu vontade de ler tudo? Você pode encontrar o ELLUS Jeans Deluxe Journal em todas as lojas da marca espalhadas pelo Brasil. Ou folhear aqui, online. Boa leitura!

    EDITORA DE REDAÇÃO: Adriana Bozon
    REDATOR E JORNALISTA RESPONSÁVEL: Luigi Torre
    EDITOR DE MODA: Rodolfo Souza
    FOTÓGRAFOS: Marcelo Krasilsic, Tavinho Costa e Lee Oliveira
    DIRETOR DE MARKETING: Eduardo Dugois
    DIRETOR DE ARTE: Kleber Matheus
    DESIGNER: Roberta Cardoso

    14/08/2014_18:57

    por IGOR FIDALGO

    A noite estava fria mas a festa foi quente. Nessa quarta-feira, a ELLUS celebrou a capa com Cauã Reymond na Harper’s Bazaar deste mês em um superevento no Hotel Tivoli-Mofarrej.

    Nem os nove graus marcados pelos relógios da Alameda Santos fizeram com que fashionistas e celebridades deixassem de dançar o som dos DJs Victor Collor de Mello e Lara Gerin.

    O clima era de comemoração mesmo: logo na chegada do hotel, um público seleto era recebido pela top hostess Melissa Depeyre e também por uma nuvem de balões dourados que levavam o carimbo da grife de um lado e o da publicação de moda do outro.

    Logo que desceu de um Citröen branco (enviado especialmente pela fabricante de automóveis para transportá-la até o hotel),  Adriana Bozon, diretora criativa da ELLUS, esbarrou com Patricia Carta, publisher da Harper’s Bazaar. As duas, como você viu no nosso Instagram, posaram para os fotógrafos e logo foram para a cobertura do hotel

    Além da capa com Cauã — que, como você já sabe, é a grande estrela do verão 2014-2015 da ELLUS —, a terceira edição do Jornal Ellus também foi lançada na noite de ontem. O ator, que também chegou a bordo de um Citröen, não atrasou: às 23h, Cauã já estava na pista de dança e foi super-solícito aos infinitos pedidos de selfies.

    Afinal, quem não quer posar ao lado dele?

    Além do muso, Chay Suede também atraiu muitos flashes. Laura Neiva, estrela do verão da Ellus Second Floor, conseguiu uma brecha na gravações de “O rebu” para comemorar com a gente.

    A festa contou com a presença maciça da imprensa especializada. Estiveram por lá o jornalista Dudi Machado, a stylist Flavia Lafer, o editor de moda Matheus Evangelista, o produtor executivo Augusto Mariotti e o fotógrafo Rodrigo Bueno.

    Do time da Bazaar, falta destacar Ligia Carvalhosa, editora do site, e Camila Garcia, diretora de redação da revista. E também passaram pelo Tivoli o arquiteto Maurício Arruda, o todo-poderoso Paulo Borges e o modelo Mateus Verdelho.

    Ficou com vontade de saber mais sobre a festa? Acesse o álbum criado na nossa fan page do Facebook e comemore também.

    13/08/2014_19:57

    por ANA FLAVIA

    Lea T, modelo e superpersonalidade da moda mundial, foi a surpresa do desfile da ELLUS na São Paulo Fashion Week de verão 2014-2015. Ao lado de Laís Ribeiro e Cauã Reymond, a diva arrancou aplausos da plateia. Esta semana, o nome de Lea voltou a estampar manchetes de sites especializados ao lado da grife de jeanswear: ela está na terceira edição do Jornal Ellus, que foi lançado na festa produzida em parceria com a Harper’s Bazaar para o lançamento da edição estampada por Cauã Reymond (que você já leu sobre aqui)

    Lea é brasileira mas vive em Milão. Nunca teve medo de levantar a bandeira em prol dos transgêneros e invadiu, graças a sua presença notável, editoriais nas publicações de moda mais importantes do mundo. Já estampou capas de Vogue, Elle, Interview, Harper’s Bazaar, MAG e Dazed Confused. Na conceituada Love Magazine, apareceu beijando Kate Moss. Na boca.

    Filha do jogador de futebol Toninho Cerezo, Lea ganhou o mundo da moda quando estrelou a campanha de Givenchy, convidada pelo BFF Ricardo Tisci (“apenas” o diretor criativo da maison). No Brasil,  desfilou para Alexandre Herchcovitch e é uma das únicas brasileiras que já sentou no sofá de Oprah Winfrey. 

    Abaixo, você assiste um vídeo exclusivo filmado por José Pelegrini. Em cena, os bastidores do shotting clicado por Marcelo Krasilsic no Edifício Eiffel, em São Paulo. Com direção criativa de Adriana Bozon e estilo de Rodolfo Souza, o ensaio também conta com curadoria do diretor de arte Kleber Matheus.

    11/08/2014_17:52

    por ANA FLAVIA

    Fotografada na belíssima Maison Christian Liaigre, que em São Paulo é representada pela Atrium,  a capa de agosto da Harper’s Bazaar Brasil trouxe nosso Cauã Reymond inteirinho de ELLUS, com Luma Grothe, musa da nova geracão das tops brasileiras.

    No recheio da publicação, o ator, que é a estrela da nossa coleção de verão 2014-2015, aparece no editorial “O Belo da Tarde”, cujo making of você confere abaixo.

    Com styling de Flavia Lafer, e beleza de Silvio Giorgio, a capa e o ensaio do Cauã foram clicados por Nicole Heiniger e têm direção de arte de Estela Padilha. Corre pras bancas!

    09/08/2014_09:00

    por MARIANA BUARQUE

    Amanhã é Dia dos Pais, mas nós, da SALA ELLUS, achamos que todo dia devia ser dia deles. Afinal, o que seria de nós sem os nossos? E você, que é pai, perguntamos: o que seria de você sem o seu filho? Divagando sobre esta relação tão comovente que une pais e filhos, montamos um top 3 de gadgets que vai fazer a felicidade do patriarca da família. Mas que você, ó filho pródigo, também vai amar experimentar.

    Para coroar este post especial, a nova mixtape da ELLUS vem cheia de “fathers” e “sons”. A homenagem é para o seu herói, mas as músicas são para todo mundo, de ontem e hoje.

    O FONE PODEROSO

    Para ouvir música com qualidade de estúdio, a recém-lançada linha Level da Samsung pode ser a solução. O fone supra-auricular (nome para aquele modelo que cobre a orelha) Level Over possui uma tecnologia que cancela ruídos externos, é wireless e permite que os usuários equalizem o áudio por meio de um app disponível para Android.

    O BARBEADOR GELADO

    CoolTec, da marca Braun, é um aliado daqueles que têm pele irritada. É equipado com uma barra gelada de cerâmica que refresca e evita lesões, dispensando o uso de cremes e loções. O aparelho ainda conta com um mecanismo inteligente que, a um toque, recarrega a bateria, faz autolimpeza e lubrifica suas lâminas.

    O SOFÁ BIÔNICO

    Phillip Starck demorou alguns anos para aceitar o pedido da marca italiana Cassina para desenhar um sofá. Mas rolou: o primeiro mobiliário inteligente tem uma estação de entradas USB, com direito a sistema wirelles de refuel para recarregar o iPad ou laptop. Alinha MyWorld também está disponível em poltrona e chaise longue.

    UMA PLAYLIST DE PAIS PARA FILHOS

    The Tempations encontra com Will Smith e John Lennon na mixtape produzida especialmente para a data pela Tecla Music, a agência de music branding que prepara o som que você ouve nas lojas ELLUS de todo o Brasil. Além de “Papa was a rolling stone”, “Just the two of us” e “Beautiful boy (darling boy)”, respectivamente, a playlist ainda conta com hits patriarcais de Clarence Carter, The Kooks, Fire, Queen, Giorgio Moroder, John Lennon, Ben Kweller, TV On The Radio…

    Chama o seu pai  (ou o seu filho, ora) e aperta o play! Bom domingo para vocês dois.

    08/08/2014_15:00

    por MARIANA BUARQUE

    Uma dupla de artistas surrealistas, que nunca se encontram mas aparecem juntos na histórica colagem que reproduzimos abaixo, aportou no Brasil em julho, acompanhado de outro pintor igualmente polêmico. É uma feliz coincidência: a maior retrospectiva do catalão Salvador Dalí acontece no Rio de Janeiro na mesma época em que a mostra de fotografias da mexicana Frida Kahlo é montada em Curitiba.

    Em São Paulo, no entanto, são as gravuras de Francis Bacon, que por oito anos tiveram a autenticidade discutida (já que ele só pintava e o trabalho como desenhista foi mantido no anonimato), que chama atenção do povo das artes visuais.

    Francis Bacon, um dos artista mais valorizados do século XX, ganha voz na exposição  “Italian Drawings”, que ocupa o  Paço das Artes, na USP. São 43 gravuras inéditas no País, selecionadas dentre as 350 que foram presenteadas ao namorado italiano, o jornalista Cristiano Lovatelli.

    Como Bacon não tinha o hábito de desenhar, Lavatelli precisou lutar em juizo para comprovar que o seu acervo representava importante parte do espólio deixado pelo mestre do abstracionismo. A causa tramitou de 1996 a 2004, e foi graças ao advogado do jornalista, que ficou com Bacon até sua morte, que estas raríssimas ilustrações chegam até nós.

     

    Quem mora em Curitiba atesta  que é uma oportunidade e tanto visitar a exposição “Frida Kahlo — As suas fotografias”, que não irá para outras cidades brasileiras. Está em cartaz no Museu Oscar Niemeyer (MON) o relato documental da vida e da obra da pintura mexicana, composto por 240 fac-símiles.

    São fotografias íntimas encontradas na casa da artista, na Cidade do México, onde hoje funciona um museu.

    null

    Os registros de Frida vão de sua infância à fase adulta, revelando ainda paixões, amizades e conflitos. Em destaque, está a relação da pintora com Diego Rivera e imagens que revelam amores com outros homens e mulheres.

    Também são retratados o seu engajamento na luta política de esquerda e a relação dela com o próprio corpo, marcado por um acidente de trans (misto de ônibus e trem). Tais sequelas foram a marca da obra que tornou Frida a artífice das expressões mexicanas. 

    E ainda dá tempo de conferir a mostra de Salvador Dalí no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), a mais completa já aberta no Brasil: são 150 obras expostas até 22 de setembro. Mesmo quem só conhece a fase surrealista do artista vai se surpreender, já que a mostra compreende a vasta trajetória do artista catalão que bebeu das fontes do cubismo, do impressionismo e da pintura abstrata.

    Pensando no hype dos #selfies que tomaram de assalto as exposições brasileiras, a curadoria da mostra dedicou uma sala inteira no fim da exposição para que o público tire os seus autorretratos. O lugar é inspirador: a sala Mae West é composta por dois quadros com ilustrações de olhos, uma escultura em forma de nariz e o celebrado Sofá Bocca, mobiliário que vem sendo reproduzido pela indústria de decoração desde a criação de Dali, em 1936.

  • Doois Sites e Sistemas