• 25/05/2015_10:00
    JOGGING DENIM: SAIBA COMO SE MOVIMENTAR NESTA TENDÊNCIA

    por RAISA CARLOS DE ANDRADE

    Já deve ter dado para sacar que o jogging denim é o nosso assunto principal neste inverno 2015. Com muito mais flexibilidade que o denim tradicional, estas calças possuem o conforto do moletom na parte interna e vêm para engrossar o time de quem acha que ser normal é mais legal.

    A seguir, contamos algumas propostas da ELLUS para a tendência que vai com tudo, para todos os lugares e, justamente por isso, se faz fundamental.

    SKINNY LITTLE B****!

    A cintura intermediária (nem baixa, nem alta; no lugar) e o corte superjusto tornam esta calça um ícone atemporal no seu closet. Desta vez, o toque sutil da malha aumenta a possibilidade dos movimentos e mantém o ar cosmopolita com botas, jaquetas, blusas oversize e todos os acessórios permitidos pela vontade.

    Clique aqui para comprar esta calça na Online Store

    ROCK AND ROLL ALL NITE!

    Atitude rocker que eleva o denim! Silhueta ajustada, que funciona bem para homens esguios, possibilita as dobras na barra que amamos. Dica: aposte em meias nada óbvias!

    Clique aqui para comprar esta calça na Online Store

    WASH ALL OVER ME!

    Aliado para os dias corridos, o denim com lavagem clara se torna ainda mais prático com a tecnologia aplicada ao tecido. Com possibilidades múltiplas de uso, o modelo five pockets vai da camiseta ao blazer, do tênis às botas.

    Clique aqui para comprar esta calça na Online Store

    BACK TO THE BASICS

    É o modelo mais essencial. A cara é de jeans, mas a flexibilidade é de malha. A t-shirt branca na foto ajuda a entender porque menos é mais. Deixe a ousadia para a escolha de uma calçado sofisticado.

    Clique aqui para comprar esta calça na Online Store

    THAT 70′S SHOW!

    Com punch setentista, o modelo classudo está entre os favoritos da temporada. A lavagem escura permite muito além do dia; com camisas vaporosas e sandálias de santo grosso (tal como a de salto tratorado que a modelo usa na foto) , o corpo ganha um equilíbrio particular.

    Clique aqui para comprar esta calça na Online Store

    23/04/2015_13:02
    APOCALYPSE NOW: CONHEÇA OS CAMUFLADOS DO INVERNO 2015 DA ELLUS

    por IGOR FIDALGO

    divergências sobre a primeira vez que o militarismo inspirou a moda: alguns confundem a febre do workwear no pós-guerra; outros são mais conservadores e dizem que foi em 1997, na Europa, quando camuflados e aviamentos utilitários ganharam força. Mas ninguém discute quando dados contemporâneos apontam que vestir-se com verde oliva ou estampas de guerra está está intimamente ligado ao que os americanos chamam de reality check.

    Em 2001, o 11 de Setembro aconteceu às vésperas da Semana de Moda de Nova York. Por segurança, os desfiles foram cancelados uma questão logística prejudicou as vendas: com os aeroportos fechados, compradores não tinham como viajar para fazer pedidos.

    Em novembro daquele Ano, a Vogue América estampou Britney Spears, então namoradinha dos EUA, em sua capa. Na Europa, dez tops foram capa da edição inglesa da mesma revista em dezembro. A chamada não poderia ser mais patriota: “Fashion force” (“Exército da moda”, em tradução livre) vinha titulado abaixo da logomarca da icônica revista em vermelho, azul e branco, as cores das bandeiras norte-americana e britânica.

    Em seguida a este chamado dos aliados, a moda se voltou para os anos 1970 e ressuscitou tye dyes e a cultura indiana. Era preciso encontrar a paz.

    Este ciclo de guerra e trégua seguiu e hoje, quando a ELLUS lança a sua coleção de inverno 2015, vemos uma nova pegada militarista em voga. O camuflado chega mais desenhado, com rigor de cartum, e em dois tons, como você vê nas imagens que ilustram este post.

    Inovador é também o tratamento estonado do jeanswear, que foi corroído em algumas regiões nas formas sinuosas da estampa de guerra. Abaixo, alguns itens já disponíveis na Online Store. Em breve, desdobraremos mais militarismo do inverno da ELLUS nos posts da Sala.

    Clique aqui para comprar esta t-shirt na Online Store.

    Clique aqui para comprar esta jaqueta na Online Store.

    Clique aqui para comprar esta bermuda na Online Store.

    Clique aqui para comprar esta chemise na Online Store.

    15/04/2015_19:39
    “MARRAKECH JOURNEY”: A IMPRESSÃO DE QUEM ENTENDE DO ASSUNTO

    por MILENA COPPI

    A repercussão do desfile de verão 2016 da ELLUS, que rolou no segundo dia do SPFW, não poderia ter sido melhor. Direto da fila A, editoras de moda viram de perto a coleção Marrakech Jorney (que você já se deliciou com os looks aqui) e fizeram críticas que fizeram o nosso coração acelerar!

    Gloria Kalil, do Chicdestacou em sua crítica a coleção de jeans, desta vez mais natural e sem lavagem, presente em jaquetas, shorts, calças e saias.

    Já Lilian Pacce chamou atenção para os looks masculinos, que ficaram de fora do desfile. Desta vez, os boys — entre eles o fotógrafo Paulo Reis, o RP Fábio Queiroz e o muso do fitness, Ricardo Barbato — só estiveram presentes durante a aparição final, quando arrancaram suspiros dos convidados.

    O motivo? Todos eles usavam barbas, em alusão os charmosos homens marroquinos.

    Vivian Sotocorno, repórter da Vogue, lembrou dos looks crus de tapeçaria, utilizados com amarrações inspiradas nos povos barbares. Ela também elogiou o nosso ótimo casting, destacando a diversidade étnica.

    Por último, Luigi Torre, editor da Harper’s Bazaar, pontuou o mood setentista como o pontapé para a criação desta coleção. “A atual onda 70′s deixou a diretora de criação Adriana Bozon e o estilista Rodolfo Souza pensando no Marrocos e nas noites de hedonismo em sua capital, Marrakech, durante os anos 1970″, disse ele, que completou: “Trata-se de uma combinação entre o jeanswear urbano da ELLUS Jeans Deluxe com os elementos típicos da cultura marroquina”.

    15/04/2015_12:00
    TODOS OS LOOKS DO DESFILE DE VERÃO 2016 DA ELLUS NA SPFW

    No segundo dia do São Paulo Fashion Week, a ELLUS transformou a passarela de sua sala de desfile em uma versão cool de uma rua de Marrakech, cidade africana que inspirou  a nossa coleção de verão 2016 (como você viu aqui). Sob a direção criativa de Adriana Bozon, o estilista Rodolfo Souza apresentou saias e vestidos midi em looks crus que faziam alusão conceitual à tapeçaria local. 

    Em cena, tops como Carol Trentini, Thairine Garcia e Cris Herrmann. O desfile, aliás, foi predominantemente feminino — os modelos, todos barbudos, fizeram uma entrada totalitária na fila final — e ganhou ainda mais impacto com a cenografia de Guilherme Ávila, que contava com um tapete étnico de geometrismo impressionante, todo feito com areia (uma tradição do país).

    Passagem comprada, vamos decolar com destino à “Marrakech Journey”.

    14/04/2015_13:00
    WHISHLIST: VAMOS PARA MARRAKECH?!

    Se você nos acompanha pelas redes sociais, já deve estar por dentro da nossa próxima coleção, “Marrakech Journey”, que desfilamos hoje na São Paulo Fashion Week.

    Inspirado na cidade que um dia abrigou a casa de Yves Saint Laurent — que dispensa apresentações —, o desfile promete levar muitas referências marroquinas, como cores fortes, tecidos fluidos e estamparia em formato de mosaico, uma forte referência à arquitetura da cidade.

    Nossa equipe de criação, capitaneada pela diretora criativa Adriana Bozon, esteve por lá em busca dos novos ares. A seguir, você confere um wishlist montado por Adriana e também pelo diretor de arte Kleber Matheus e pelo estilista Rodolfo Souza.

    1) PARA RELAXAR: O Royal Mansour é dica da Adriana Bozon, que aproveitou o destino para renovar as energias no belíssimo hotel e spa em Marrakech. Com arquitetura suntuosa, o local mais parece ter saído de um filme.

    2) PARA CONHECER: Desenhado pelo pintor francês Jacques Majorelle, o Jardim Marjorelle abriga uma das maiores diversidades botânicas do Marrocos. É um desse destinos que nenhum turista pode deixar de conhecer! Ótimo para tirar aquela selfie selvagem.

    3) PARA SENTIR NOVOS AROMAS: Não dá para ir à Marrakech, ou nenhuma cidade árabe, sem deixar de ir ao souk — mercado ao ar livre onde se encontra todo tipo de especiaria da região. Ideal para conhecer mais sobre a cultura local, seus cheiros e moradores.

  • Doois Sites e Sistemas