• 01/07/2013_22:55



    Aperte o play pra sentir o clima:

    São Paulo ganha novo espaço artístico em um velho casarão. De 1911, tombado, foi resgatado pelas mãos de Houssein Jarouche, agitador cultural que adoramos. Entenda por espaço artístico: galeria de arte, estúdio de design, gravadora, editora e QG dos inquietos amigos do mecenas. Tudo isso lembrou a Factory, o estúdio de Andy Warhol, que chacoalhou Nova York nos anos 60? Comparações aceitas! Houssein é seguidor entusiasta de Warhol e a Plataforma inaugura com exposição de ninguém menos que o fotógrafo oficial da Factory, o mito Billy Name. Billy foi o responsável pelo arquivo fotográfico da Factory e são dele muitos dos cliques famosos dos Warhol Superstars, como as musas Edie Sedgwick, Ultra Violet e Nico, que viraram referência absoluta da cultura Pop em mais de quatro décadas. Ah, e também foi ele que cobriu a Factory inteira de papel laminado prateado na era Silver do estúdio. Diz a lenda que Andy copiou a ideia do apartamento de Billy, que era inteiro decorado na cor prata. A abertura oficial é nesta terça feira dia 2 de julho, para convidados e dizem que a festa promete (olha lá Andy Warhol e sua turma de novo).

    Conheça a Plataforma, visite a exposição, e inspire-se. Os anos 60 estão mais vivos do que nunca. Plataforma Rua Major Diogo, 91.  São Paulo.

    deixe o seu comentário
    *Preenchimento obrigatório.
    Seu comentário esta sujeito à aprovação do moderador para ser publicado.

    (seu email não será publicado)

  • Doois Sites e Sistemas