• 09/11/2012_12:02

     

     A noite fechou em grande estilo. Ao som de Depeche Mode, a Ellus provou que fardas policiais e moda, juntas, podem ser um grande negócio. Com uma coleção poderosa e inspiradíssima, modelos desfilaram na penumbra, acompanhadas por canhão seguidor, como se estivessem no pátio de algum presídio da antiga KGB soviética. Looks fetichistas, soltos ou justíssimos, compareceram e deixaram a platéia de queixo caído. Couros, vinil molhado, emborrachados, maxi emblemas das corporações, quepes, óculos, luvas, coleiras de metal, botas sete oitavos de salto stiletto e calças dominatrix. Nada pendendo para o vulgar, tudo elegantérrimo. O dia valeu a pena!

    Por Heloisa Tolipan @ Jornal do Brasil.

    deixe o seu comentário
    *Preenchimento obrigatório.
    Seu comentário esta sujeito à aprovação do moderador para ser publicado.

    (seu email não será publicado)

  • Doois Sites e Sistemas